BLACK PEPPER

BLACK PEPPER

ES é o 2º maior produtor e exportador de pimenta-do-reino

A pimenta-do-reino capixaba se consolidou como uma opção de diversificação agrícola na região Norte do Espírito Santo e alcançou espaço no mercado internacional se tornando um produto de destaque na geração de divisas do agronegócio capixaba. Nos últimos três anos, os preços permanecem em alta, animando produtores e empresários do setor.

Somente no primeiro semestre de 2013, já foram exportadas quase 3,6 mil toneladas de pimenta para os Estados Unidos e vários países da Europa, Ásia e Ásia, um volume 83% superior em relação ao mesmo período do ano passado. As divisas geradas com as exportações somaram US$ 22,5 milhões de janeiro a junho deste ano, ficando atrás apenas de celulose e cafés, no ranking das exportações do agronegócio capixaba.

“A expansão e a renovação dos plantios, aliadas à melhoria da qualidade do produto verificadas nos últimos anos, comprovam a rentabilidade da atividade, que gera mais de R$ 70 milhões por ano de renda bruta para os produtores. O cenário é que vamos atingir uma produção acima de 10 mil toneladas, nos próximos três ou quatro anos”, explica o secretário de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca, Enio Bergoli.

O Estado do Espírito Santo é o segundo produtor e exportador nacional, com 6,7 mil toneladas de pimenta-do-reino produzidas anualmente. A atividade é tipicamente familiar, pois ocupa 2,9 mil hectares em 2,4 mil propriedades rurais. Os plantios se concentram no Norte do Estado, tendo como destaque o município de São Mateus, com mais de 65% da área cultivada e da produção.

Com origem na Índia, a pimenta do reino é a especiaria mais popular no mundo e "uma pitada de sal e pimenta" já é um clichê para quem se aventura na cozinha. Junto ao sal, a pimenta do reino realça e adiciona camadas de sabor a qualquer prato se utilizada corretamente.

Como falamos neste post, existem três tipos de pimenta do reino: a branca, a preta, e a verde, sendo que todas vêm da mesma planta, mas são colhidas em tempos diferentes e passam por tratamentos distintos.

A pimenta do reino verde é ótima para molhos de filés, a branca para carnes de aves, peixes e suínos, e a pimenta do reino preta é a mais diversa, podendo ser usada em praticamente qualquer prato salgado, mas sendo perfeita para carnes vermelhas.

Portanto, a pimenta do reino preta é realmente uma estrela. E ousamos ir mais longe: a pimenta do reino pode ser usada em praticamente qualquer prato salgado, mas também em pratos doces e frutas!

Sim, isso mesmo! A pimenta do reino brilha ao ser usada algumas frutas como a melancia e o morango. Te desafiamos a experimentar! 

E além do sabor e aroma que a pimenta do reino traz aos pratos, ela também tem inúmeros benefícios para a sua saúde. 

  1. Aumenta a Absorção de Nutrientes

A piperina na pimenta do reino aumenta a biodisponibilidade de vários nutrientes como vitaminas A e C, selênio, beta-caroteno e outros, melhorando assim sua saúde geral.

Biodisponibilidade refere-se à quantidade de um nutriente ou suplemento que é absorvido pelo organismo.

Por exemplo, os investigadores descobriram que ela pode aumentar a biodisponibilidade dos compostos da curcumina (encontrada no açafrão) vinte vezes.

A curcumina ajuda a combater o câncer, infecção e inflamação.

Além disso, a piperina estimula os transportadores de aminoácidos na mucosa intestinal e inibe as enzimas que ajudam a metabolizar compostos nutricionais.

Ela também impede a remoção de substâncias provenientes das células e reduzem a atividade intestinal, então mais substâncias entram no organismo na forma ativa e permanecem disponíveis para uso.

  1. Melhora a Digestão

A pimenta estimula as papilas gustativas e aumenta a secreção de ácido clorídrico no estômago, que por sua vez auxilia na digestão adequada.

Curiosamente, problemas digestivos são causados por falta de ácido clorídrico, ao invés das quantidades excessivas.

Por melhorar a digestão, os  benefícios da pimenta do reino alivia problemas como cólicas, flatulência, indigestão, flatulência e constipação.

Ela também tem qualidades antibacterianas que ajudam a tratar doenças intestinais causadas por bactérias.

  1. Estimula o Apetite

Além de adicionar sabor a sua comida e promover a digestão, a pimenta do reino funciona como um estimulante do apetite.

A pesquisa mostrou que a pimenta ajuda a melhorar o apetite através da estimulação olfativa. Isso a torna um remédio excelente, simples, para aqueles que têm falta de apetite.

Um remédio ayurvédico especificamente para esta finalidade recomenda para consumir uma mistura de meia colher de chá de pimenta do reino e uma colher de sopa de açúcar mascavo em pó (gur).

Tome este remédio regularmente até melhorarem os sintomas.

  1. Facilita a Perda de Peso

Embora também estimule o apetite, a pimenta do reino pode ajudá-lo a perder peso.

A camada exterior da origem da pimenta do reino contém fito nutrientes que incentivam a quebra das células de gordura.

Um estudo de 2010 dos efeitos da piperina sobre metabolismo de ratos revelou que ela suprime a acumulação de gordura no corpo.

Também melhorando seu metabolismo, esta gordura alimentar pode ajudá-lo a queimar calorias.

Além disso, sendo uma erva diurética e sudorífica, promove a micção e transpiração, que por sua vez, ajuda a liberar as toxinas e o excesso de água do corpo.

  1. Alivia os Gases

Sendo um carminativo, a pimenta alivia gases do estômago e também ajuda a prevenir a formação de gás.

Se você está propenso a gases no estômago, tente apimentar sua comida com pimenta em grãos, em vez de pimenta em pó ou pimenta.

Para curar indigestão e peso no estômago, você pode ter um copo de leite misturado com 1 / 4 colher de chá de cada de pimenta do reino e cominho em pó.

Você também pode massagear sua barriga com óleo de pimenta misturado com óleo para massagem (um óleo de base) para aliviar a dor dos gases.

  1. Ajuda a Limpar as Narinas

Pimenta do reino pode ser usada para limpar o nariz entupido e congestionado, pois ela ajuda a soltar o catarro.

Também tem propriedades antimicrobianas, por isso é que a pimenta do reino é incluída em vários remédios para tosse e resfriado.

Beba um copo de água morna misturada com meia colher de sopa de pimenta do reino em pó, duas ou três vezes por dia para limpar as vias respiratórias.

Alternativamente, você pode tentar a inalação de vapor de uma panela de água quente misturada com pimenta do reino e óleo de eucalipto.

Um outro remédio simples é cheirar uma mistura de pimenta e algumas gotas de óleo de gergelim. Vai induzir os espirros, mas limpará suas narinas.

  1. Combate a Artrite

A piperina presente na pimenta é altamente benéfica para tratar artrite devido a suas propriedades anti-inflamatórias e anti-artríticas.

Além disso, esta maravilhosa especiaria melhora a circulação, assim, previne ou reduz a dor nas articulações, causadas por má circulação.

Os investigadores descobriram também que a pimenta do reino branca ajuda a reduzir a percepção dos sintomas de dores artríticas.

  1. Combate o Câncer e Previne Outras Doenças

Pimenta do reino tem qualidades antioxidantes que combatem o câncer, especialmente câncer de cólon e mama.

Um estudo feito na Universidade de St Louis em Missouri mostrou que a pimenta do reino pode ajudar a inibir a proliferação de células do cólon devido a sua significativa atividade anti-proliferativa.

Além disso, seu conteúdo de polifenóis protege contra a hipertensão arterial, diabetes e doenças cardiovasculares.

  1. Funciona como um Antidepressivo Natural

A piperina na pimenta do reino age como um antidepressivo, aumentando a produção de serotonina.

A serotonina é um neurotransmissor importante para a regulação do humor. Baixos níveis de serotonina estão associados com a depressão.

Além disso, a piperina aumenta as beta-endorfinas no cérebro e promovem clareza mental. Endorfinas funcionam como analgésicos e estimulantes naturais.

Eles reduzem o estresse e promovem uma sensação de bem-estar que alivia a ansiedade e a melancolia.

Então, adicione pimenta do reino em suas refeições diárias para melhorar o seu funcionamento cognitivo e levantar o seu humor.

  1. Trata os Dentes e Problemas de Gengiva

Para reduzir a dor e a inflamação, você pode usar pimenta do reino com sal, uma combinação para reduzir a inflamação das gengivas e problemas como mau hálito e sangramento nas gengivas.

Apenas misture quantidades iguais de sal e pimenta do reino em algumas gotas de água e massageie as gengivas com a mistura.

Para aliviar a dor de dente, misture uma pitada de pimenta do reino em pó em óleo de cravo e aplique sobre a área afetada.

  1. A pimenta do reino ajuda o sistema digestivo e na absorção de nutrientes

A pimenta do reino nos ajuda a digerir alimentos reduzindo gases, azia e prisão de ventre, pois estimula enzimas digestivas. Além disso, a pimenta contém uma substância chamada piperina que aumenta a absorção de vários nutrientes, incluindo vitaminas. 

  1. A pimenta do reino ajuda a parar de fumar e a emagrecer

A pimenta do reino diminui o desejo de fumar nos primeiros dias de um ex-fumante e é um termogênico natural, isto é, aumenta o metabolismo e o número de calorias queimadas pelo organismo.

  1. A pimenta do reino evita a retenção de água e é um agente anti-bacterian

A pimenta do reino ajuda a eliminar o excesso de fluidos através da urina e transpiração e é um poderoso agente anti-bacteriano com a capacidade de destruir diversos tipos de bactérias encontradas no estômago. 

E você, utiliza a pimenta do reino para temperar os seus pratos?